Para começar a tricotar tudo o que você precisa são agulhas e lã. Mas é claro que algumas outras coisinhas ajudam no processo. Aqui está a minha lista de materiais básicos que sempre levo comigo.

1. Tesoura: você vai usar a tesoura para cortar lãs, então não tem frescura, qualquer uma serve!

2. Agulha de tapeçaria: São usadas depois que o projeto já está terminado, para costurar as partes ou fazer o acabamento dos fios soltos. Parecem agulhas de costura gigantes, e podem ser feitas de metal ou plástico. Não se apegue muito a essas agulhinhas, porque elas sempre desaparecem! Sempre deixo um pedaço de lã nelas para ser mais fácil de encontrar.

3. Agulha de crochê: Mesmo você não sendo um(a) crocheteiro(a), é muito útil ter uma agulha de crochê por perto. Elas são uma mão na roda quando você precisa resgatar aquele pontinho safado que caiu. Você não precisa de muitos tamanhos. Uma pequena e uma média resolvem o problema.

materiais básicos para tricô

4. Fita métrica e régua: é sempre importante ter como medir o que você está tricotando para saber se está acertando no tamanho. Além disso, você vai precisar medir o tamanho da sua amostra (se você não sabe o que é uma amostra, descubra aqui!)

5. Marcador de pontos: são muito úteis para marcar partes específicas do seu tricô, como o começo de uma volta de tricô circular. São feitos de plástico e geralmente têm o formato de um anel ou de um pequeno cadeado. Você pode substituí-los facilmente por um alfinete de segurança ou um lacinho feito com resto de lã de cor contrastante com o seu projeto. Também são super fáceis de perder. Sempre encontro escondidos nos cantos do sofá!

6. Caderninho: eu gosto de ter sempre um caderninho para fazer anotações para não me perder no projeto. Agora, com o blog, estou tentando ser mais organizada e deixar tudo registrado para depois não ficar na dúvida de quais agulhas usei, quantas carreiras fiz etc.

E você? Quais desses itens não faltam na sua bolsa de tricô? Se você acha que eu esqueci de alguma coisa, deixe aí um comentário!

Deixe seu comentário